quinta-feira, 29 de setembro de 2011

O que é o Novo nascimento

“Porém, quando Deus, o nosso Salvador, mostrou a sua bondade e o seu amor por todos, ele nos salvou porque teve compaixão de nós, e não porque nós tivéssemos feito alguma coisa boa. Ele nos salvou por meio do Espírito Santo, que nos lavou, fazendo com que nascêssemos de novo e dando-nos uma nova vida.” Tito 3:4-5 NBLH . Nicodemos era um homem religioso que vivia de acordo com todas as regras e recomendações que sua religião fazia. Ele era fariseu e fazia parte do Sinédrio, um conselho formado pelas principais autoridades eclesiásticas do judaísmo. Embora nem todos os fariseus tivessem boa reputação por causa de sua hipocresia e soberba, Nicodemos era respeitado tanto pelos seus pares, como pelo povo. Todos concordavam que era um homem que levava a sério a sua vida com Deus. Depois de ver e ouvir Jesus pessoalmente, algo começou a perturbar o seu coração e ele passou a sentir uma necessidade urgente de falar com aquele jovem rabi, odiado pelos membros do sinédrio, mas tido pelo povo comum como um grande profeta, como há muito tempo não se levantava em Israel. Resolveu procurá-lo durante a noite para conversar com ele, pois a um homem com a posição que ele ocupava no Judaísmo não ficava bem ser visto conversando com um homem tão controvertido como Jesus. Esta conversa está registrada no Evangelho de João capítulo 3 e Nicodemos parece muito desajeitado quando aborda Jesus. Começa com elogios que certamente qualquer fariseu se alegraria em receber de um homem tão importante, mas Jesus vai direto ao ponto: — Eu afirmo ao senhor que isto é verdade: ninguém pode ver o Reino de Deus se não nascer de novo. (João 3:3). O restante da conversa apenas mostra que o conceito da Regeneração ou Novo Nascimento pode ser muito mal compreendido, a não ser que o tenhamos experimentado em nossa própria vida. Regeneração é a ação da graça de Deus que cria em nós uma nova criatura, capaz de reconhecer os seus próprios pecados, provoca arrependendimento e nos habilitando a crer em Jesus Cristo para a Salvação. Para entender este conceito temos que nos lembrar de qual é a situação do ser humano sem Deus no mundo. Enquanto não tomamos a decisão de crer Cristo, não estamos andando com Deus concientemente. Embora Deus esteja em todos os lugares e aja em tudo e em todos, só nos tornamos filhos de Deus quando, concientemente, cremos em seu filho como aquele que pode perdoar todos os meus pecados e fazer de mim uma nova criatura. Só aí nos tornamos filhos de Deus! (Falaremos da doutrina da Adoção em outra ocasião). Veja alguns textos que falam sobre o assunto: • E, assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas. (2ª Coríntios 5:17) • Mas, a todos quantos o receberam (Jesus Cristo), deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que crêem no seu nome; os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus. (João 1:11-12) Na verdade, a salvação e a vida cristã começam com o novo nascimento ou regeneração. Veja o que Pedro fala aos cristãos da Ásia menor: • ... pois fostes regenerados não de semente corruptível, mas de incorruptível, mediante a palavra de Deus, a qual vive e é permanente. (1ª Pedro 1:23). Porque fomos regenerados podemos reconhecer nossos pecados e nos arrepender sinceramente deles. Porque fomos regenerados somos habilitados a crer em Cristo Jesus para a salvação. Não apenas acreditar que ele existe, e que é o filho de Deus. Pelo novo nascimento confiamos inteiramente nele e poderemos ver o Reino de Deus, como Jesus disse a Nicodemos. Porque nascemos de novo podemos viver uma nova vida com Deus, sendo dirigidos pelo Espírito Santo e tendo Jesus como nosso Salvador e Senhor. Como sabemos que fomos regenerados, então? As evidências do Novo Nascimento ou Regeneração são o Arrependimento e a Fé, ambos, ação do Espírito Santo de Deus em nós. A alegria da salvação também é a evidência de que não estamos mais mortos em nossos delitos e pecados (Efésios 2:1-10). O novo nascimento faz de nós crianças ávidas pela Palavra de Deus (1ª Pedro 2:1-3). Enfim a Regeneração é a causa e a razão de podermos andar com Deus, não apenas como religiosos, mas como verdadeiros cristãos, adotados por Deus, justificados pelo sangue de Jesus e vivendo em novidade de vida, em santificação crescente para a glória de Deus e para a nossa alegria. Conversão, santificação e a presença sensível de Deus são evidências claras e incontestáveis do Novo Nascimento. Você já nasceu de novo? Rev. Evaldo Beranger Pastor da Igreja
Postar um comentário