sábado, 12 de junho de 2010

Chegamos à Istambul na Turquia

Prá quem ainda não sabe, eu e a Bia estamos como líderes espirituais de uma caravana de peregrinos à Eretz Israel, passando pela Turquia e Jordânia (não confunda com Cisjordânia - que não é muito longe). Um boa viagem Brasil-Paris, conexão corrida para o vôo para Istambul, inspeção alfandegária rígida, principalmente com as mais idosas... (será que só agora a piada da velhinha contrabandista chegou por aqui?).
Na Turquia, Istambul, ex-Bizâncio, ex- Constantinopla, 8 mil anos de história nos esperam... 3 dias serão pouco! Mas do ônibus já tive algumas surpresas:
  • O mar de Mármara, onde a princesa Europa, transformada em vaca pelo ciúme de Hera por ter namorado Zeus, que por sinal se transformou em um touro branco para seduzí-la, fugindo das vespas que a esposa enfurecida lhe enviou, tropeçou e determinou o fim da Europa (a região) e o começo da Ásia. - coisas da mitologia grega... Finalmente eu vi o lugar em que a vaca (Europa) foi pro brejo (o estreito de Bósforo)!
  • Na grama, centenas de turcos fazendo pic-nic, pois é sabado e muitas mulheres  com discretos e elegantes véus muculmanos jogando bola com mãe e filhos. É a copa ou será que é assim mesmo? O marido faz churrasco turco e a mulher ensina futebol para os filhos?
  • Outras surpresa: Sabe aqueles franelinhas que com uma água suja de sabão e um rodinho empastelam a poeira acumulada  no parabrisa de nossos carros nos sinais de trânsito no Rio e São Paulo? Pois é, aqui tem. Só que os que eu vi são meninas! Com saias até os pés... Olhe a foto!
  • Mas, a maior surpresa foi quando liguei a televisão no quarto do Hotel. Programas turcos parecidos com os programas de brincadeiras da Angélica e do Sérgio Portiólli, novelas mexicanas feitas por turcos, canais franceses, alemães, Israelitas, O Al-Jazira e o  Canal Oficial do Irã (O primeiro entrevistando o Osama Bin Laden e o segundo com o Armadinejade abraçando o Lula). Mas o melhor: A TV Record inteiramente em português apresentando "Fala que eu te escuto"diretamente de barcelona na Espanha! Não é o máximo!
Depois dessa, só consegui dormir assitindo " O último grande Herói", filme do Arnold Swarzneagger (até ele não consegue falar o nome no filme) dublado em alemão pela Deutch Welle.
Amanhã eu conto sobre a seresta que fizemos com o pianista turco no restaurante do Hotel que adorava e tocava (bem) músicas brasileiras... Lembrem-se, estamos em peregrinação para a terra santa.

Ah e não acredite no horário do post gerado pelo computador, ele ainda está confuso com o fuso horário da Turquia, aqui já são 3h49min da madrugada...Boa noite!
Posted by Picasa
Postar um comentário